11/05/2019 00h 00 Notícia

Após tratamento exitoso, Fonoaudióloga de PE recebe homenagem em livro

Ana Maria Silva, que atua no município de Camutanga/PE, foi homenageada pela poetisa Auriédna Freire Ramos
Por: Assessoria de Comunicação do Cefono 4

icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp

Nas pequenas atitudes, é possível observar a importância da profissão e como o reconhecimento nos mantêm firmes a seguir na caminhada. A última quarta-feira (08 de maio de 2019) ficará eternizada na memória da Fonoaudióloga pernambucana Ana Maria Silva, que atua em Camutanga, cidade do interior de Estado, com pouco mais de oito mil habitantes.

Ao final de mais um dia de trabalho, a profissional recebeu das mãos de um portador, no local onde atende, o livro "Devaneios e Realidades Poéticas", da escritora Auriédna Freire Ramos. As histórias das duas se cruzaram quando o neto de Auriédna, Heitor, de apenas 6 anos, precisou do acompanhamento de um Fonoaudiólogo para pronunciar as palavras corretamente. O pequeno foi recebido por Ana Maria, em uma unidade de atendimento do município, e iniciou a terapia. E, mesmo sendo um garoto inquieto, o tratamento surtiu efeito e a família foi só agradecimentos.

“São muitos pacientes que temos, mas alguns marcam. Ele era muito dedicado, a família também e isso foi um trabalho em conjunto. Eles me deram os méritos, mas todos contribuíram. Heitor foi um dos primeiros pacientes que tive na cidade e ele recebeu alta com pouco tempo de terapia. A família ficou agradecida porque ele era uma criança agitada, mas na terapia era excelente. Foi gratificante”, resumiu a Fonoaudióloga.

As surpresas, ao abrir o presente, começaram logo nas primeiras páginas: uma bela dedicatória da escritora agradecendo o empenho da fonoaudióloga no tratamento do pequeno Heitor. O impacto maior veio no meio do livro, com a poesia “Gratidão Infantil”. O trecho contou um pouco a história das dificuldades de Heitor em falar corretamente e de como o trabalho de Ana Maria ajudou a superar este problema.

“Uma homenagem como essa, apesar de ser direcionada para uma profissional, engrandece a toda classe e só reafirma como a Fonoaudiologia é fundamental para a comunicação humana. Uma história que serve de motivação para todos que, de alguma forma, contribuem para o engrandecimento da classe em meio a tantas dificuldades”, comentou orgulhoso, o presidente do Crefono 4, Fonoaudiólogo Wagner Teobaldo.

Após ler os versos do poema, a Fonoaudióloga se emocionou. “Foi uma homenagem em forma de gratidão pela ajuda que eu dei ao neto dela. Foi emocionante, fiquei sem saber o que falar. Esse tipo de coisa recarrega as nossas energias para trabalhar mais e de uma forma ainda melhor. São essas recompensas que nos fazem amar a profissão a cada dia mais e continuar ajudando a população”, pontuou e finalizou Ana Maria.

Confira abaixo o poema de Auriédna Freire Ramos:

Gratidão Infantil

Muitas dificuldades
Eu tinha para falar
Mas Ana, minha fono
Chegou pra me ajudar

Tropeçava nas palavras
As letras subtraía
Habilidosa ela treinou
Os sons qu'eu não conseguia

Com carinho ensinou
A pronúncia correta
Além de ser muito bonita
Ela é bastante esperta

Falar corretamente
Era meu grande sonho
Precisava aprender
Fiz um esforço medonho

Dou-lhe minha palavra
Que jamais vou esquecer
A quem os sons diferentes
Ajudou-me a perceber

Sou uma criança feliz
Todos agora entendem
As letrinhas que eu falo
E elas me surpreendem

Leio e escrevo melhor
O aprendizado flui bem
Os méritos são de Ana
Do meu esforço também

O meu muito obrigado
A quem os erros corrigiu
Quando havia trocadilhos
E tantas vezes alguém riu

Não esqueça o meu nome
Sou o pequeno Heitor
Que guarda no coração
Por você muito amor

>> Últimas Notícias

Parceiros
anterior
próximos
Copyrigth @ 2013 Conselho Regional de Fonaudiologia - 4º Região
Agita Comunicação