05/06/2019 00h 00 Notícia

Obrigatoriedade do Fonoaudiólogo nos Hospitais é debatida na Câmara Municipal de João Pessoa

Por: Assessoria de Comunicação do Cefono 4

icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp

A última quinta-feira (30) foi um dia importante para a Fonoaudiologia na Paraíba. A regulamentação da profissão, assim como o fortalecimento da categoria, foi debatida na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). A audiência pública foi proposta pelo vereador Chico do Sindicato (Avante) e tem como objetivo transformar em lei a obrigatoriedade da presença de Fonoaudiólogos nos hospitais da capital paraibana. O Crefono 4 foi representado pelo presidente, Fgo. Wagner Teobaldo.

Atualmente, a Paraíba conta com 600 profissionais em atuação, registrados no Conselho Regional de Fonoaudiologia da 4ª Região (Crefono 4). Desta forma, os representantes da Fonoaudiologia presente na Audiência solicitaram uma medida que regulamente a profissão. Sem a obrigação dos hospitais públicos e privados de terem Fonoaudiólogos em seus quadros, o setor fica enfraquecido.

“A audiência pública iniciou um debate que ajudará a defender a profissão. O primeiro passo para tornar obrigatória a presença do Fonoaudiólogo nas equipes multiprofissionais hospitalares em João Pessoa foi dado. Isso será um grande avanço para a valorização da profissão e, especialmente, de enorme valia para a sociedade que se beneficiará da Fonoaudiologia de forma precoce, ainda durante a internação. Nossa intenção é que esse projeto seja apresentado em outras cidades da nossa região e, para isso, é importante que todos os Fonoaudiólogos apoiem a iniciativa, pois só com apoio popular conseguiremos êxito nas nossas propostas”, explicou o presidente do Crefono 4, Wagner Teobaldo, que estava presente na audiência pública.

A proposta da audiência pública do vereador Chico do Sindicato foi ampliar o debate sobre o Projeto de Lei que está sendo elaborado por sua assessoria. O parlamentar, inclusive, colocou seu mandato à disposição dos profissionais para que tenham um respaldo político nessa luta.

Por fim, ficou acordado que o vereador tentará uma audiência com o prefeito Luciano Cartaxo (PV) e com o secretário municipal de Saúde, Adalberto Fulgênio, para falar sobre as reivindicações da categoria.

Além do parlamentar e do presidente do Crefono 4, Wagner Teobaldo, compuseram a mesa da audiência, a presidente da gestão temporária do Sindicato dos Fonoaudiólogos da Paraíba (SindFono-PB), Larissa Anjos; o representante do Sindicato dos Fonoaudiólogos de Pernambuco (PE), Fagny Fernandes; e o fonoaudiólogo Deyverson Evangelista.

>> Últimas Notícias

Parceiros
anterior
próximos
Copyrigth @ 2013 Conselho Regional de Fonaudiologia - 4º Região
Agita Comunicação